Campeonato leva futuras estrelas do handebol de praia para Barra de Maricá

Apoiada pela Codemar, etapa do torneio carioca foi realizada no fim de semana

Definido nas areias da praia da Barra de Maricá, o Campeonato Carioca de Handebol de Praia premiou neste fim de semana (13 e 14/01) as melhores equipes do Rio de Janeiro nos naipes cadete e juvenil. Muitos deles caminham para ser futuras estrelas da modalidade muito em breve. A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) apoia a modalidade.

Imagem: Leonardo Fonseca

Para o presidente da Federação de Handebol do Rio de Janeiro, Ivaney Mascarenhas, promover o esporte em Maricá é a melhor opção para o estado do Rio. “Estamos encerrando o estadual de 2023 com sucesso na cidade que se tornou capital nacional do handebol de praia. Trazer a modalidade do handebol de praia pra Maricá é excelência para o Rio de Janeiro”, disse.

Para ele, o desenvolvimento do handebol na cidade ajuda a desenvolver também outros esportes de praia.

Imagem: Leonardo Fonseca

Os jogos foram acompanhados de perto por Júnior Cardoso, técnico da seleção brasileira juvenil de handebol. “É de grande valia o apoio da Codemar e da Prefeitura de Maricá para transformar a cidade na capital do handebol de praia, dando esse suporte pra gente observar de perto esses jovens com toda a estrutura necessária”, afirmou.

Família unida nos campeonatos

Por ser uma categoria com menores de idade, muitos pais, sempre que possível, acompanham as competições de perto. É o caso da Renata De Lamare, mãe de dois atletas do Niterói Rugby: Rodrigo Orelha e Gabriela. Ele iniciou no handebol infantil e, hoje, faz parte da equipe adulta e é treinador da equipe feminina de base. Ela, com apenas 14 anos, compõe a equipe de base onde atua como atacante e tem como treinador seu próprio irmão.

Imagem: Leonardo Fonseca

“Nunca pensei que seria técnico dela. É uma conexão diferente, mas no jogo trato todas igualmente, sem distinção. Em casa conversamos pouco sobre o esporte, mas quando rola uma dúvida discutimos o assunto e treinamos juntos de vez em quando. Isso é legal porque temos interesses em comum”, conta.

A família respira handebol, já que treina várias vezes por semana na praia de Icaraí, em Niterói. A mãe é a responsável por levá-los e buscá-los nos treinos. “Nós, mães, nos organizamos. Cada uma fica com uma função durante os campeonatos. Uma fica responsável pelo transporte, outra por hospedagem, alimentação, gastos da viagem, tomando conta de todos e sempre torcendo, que é o mais importante. Estamos sempre ali para apoiar quando ganham ou quando perdem”, explica.

Confira os resultados:

Categoria Cadete

Feminino:

1° lugar- Idec
2° lugar- ILGC/CESP
3° lugar- Niterói Rugby

Masculino:

1° lugar- Niterói Rugby
2° lugar- ILGC/CESP
3° lugar- Idec

Categoria Juvenil

Feminino:

1° lugar- Idec A
2° lugar- ILGC/Cesp
3° lugar- Idec B

Masculino:

1° lugar- Niterói Rugby
2° lugar- ILGC /Cesp
3° lugar- NR Beach

Programas

Notícias

Ministro Padilha visita projeto inovador em Maricá e destaca riqueza humana e geração de...

Chefe da Secretaria de Relações Institucionais também fez visita técnica a museu que será inaugurado O Ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, esteve...

Fazenda da Codemar passa a contar com vigilância por drone que ‘enxerga’ no escuro...

Ferramenta se soma ao patrulhamento em terra e é capaz de identificar pessoas em meio à mata, mesmo à noite, com imagens de câmera...

Seleção brasileira de handebol de praia é convocada para o Mundial da China

Equipe fez treinamento na Arena da Barra, em Maricá As seleções brasileiras de handebol de praia masculina e feminina estão convocadas para o Campeonato Mundial...