A cidade de Maricá foi destaque no evento que aconteceu na sede da Firjan no Rio de Janeiro

Com o tema “Maricá – um pouso e um porto seguro” a companhia de Desenvolvimento de Maricá – Codemar e Prefeitura Municipal de Maricá apresentaram num evento que reuniu empresários, especialistas e autoridades do município e do estado, potencialidades, projetos e desenvolvimento social econômico que a cidade de Maricá alcançou.

O evento aconteceu nesta última quarta-feira, dia dezesseis de outubro, na sede da Firjan, promovido pela Federação, Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip) e Codemar. No início da solenidade foram convidados a compor a mesa a gerente de petróleo e gás da federação e diretora-geral da Onip, Karine Fragoso; o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão;  a deputada estadual e presidente da Frente Parlamentar do Petróleo na Assembleia Legislativa, Rosângela Zeidan; o Prefeito Fabiano Horta e o Presidente da Codemar, José Orlando Dias. A mediação ficou a cargo do jornalista Luiz Nassif.

O seminário foi sustentado especialmente por um grande painel sobre o município, primeiro em números levados pelo Instituto Darcy Ribeiro (IDR), encarregado de todos os dados sobre a cidade e que mostrou a situação de Maricá em termos de crescimento do PIB local, que tinha, em 2004, uma participação de 0,24% no PIB Nacional e, em 2016, já havia passado para 0,91%.

“Das inúmeras atividades desenvolvidas no nosso estado, o petróleo é o principal indutor de desenvolvimento da nossa economia. É com satisfação que vemos Maricá investindo os recursos dos royalties e das participações especiais no desenvolvimento do melhor ambiente de negócios para a indústria e também para o bem-estar da sociedade”, declarou Luiz Césio Caetano Alves, presidente da Firjan Leste Fluminense, durante a abertura

Para o prefeito Fabiano Horta, a proposta de evolução tecnológica e expansão do turismo em Maricá tem acontecido de maneira exponencial: “sabemos da dimensão súbita e agigantadora desse processo econômico para Maricá; é um ciclo de médio e longo prazo e precisamos posicionar a cidade dentro dessa economia do futuro”, disse o prefeito na abertura do seminário “Maricá, um porto e um pouso seguro”.

Já o Presidente da Codemar, José Orlando Dias, enfatizou o Projeto Parque Tecnológico de Maricá: “o Parque Tecnológico de Maricá é um programa multisetorial de criação planejada de uma nova centralidade de desenvolvimento do Leste Metropolitano, de abrangência regional do ponto de vista urbanístico, rural, imobiliário, econômico, ambiental, social e de mobilidade, cujo núcleo articulador será instalado no município de Maricá. Insere-se, portanto, na vanguarda da tendência mundial da criação e gestão de ambientes de inovação vinculados ao desenvolvimento de sistemas urbano-rurais e da economia do conhecimento, articulado e integrado em todos os níveis: local, regional, nacional e internacionalmente”, explicou.

Foram debatidas novas oportunidades de negócios nas áreas de logística integrada, tecnologia, sustentabilidade, turismo e petróleo e gás. A proposta da Prefeitura local é estabelecer parcerias público-privadas para atrair investimentos e gerar mais emprego e renda. Situada próxima dos principais polos industriais do Rio e das plataformas do pré-sal da Bacia de Santos, Maricá vem atuando na criação de um ambiente favorável à inovação e também na atração de novas empresas e startups para ampliação dos negócios.

Também participaram do evento Alexandre dos Reis, diretor executivo do SESI SENAI; Karine Fragoso, diretora geral da ONIP e gerente de Petróleo, Gás e Naval da Firjan; Allan Novaes, presidente do Instituto Darcy Ribeiro; Igor Sardinha, secretário de Desenvolvimento Econômico, Comércio, Indústria, Petróleo e Portos de Maricá.

Por Roberval Silva.