Maricá realizou Espraiado de Portas Abertas, que completa 15 anos em 2023

Evento com seis edições no ano fomenta turismo rural no bairro cercado por riachos e Mata Atlântica

No ano em que completa 15 anos de existência, o evento Espraiado de Portas Abertas realizou sua primeira edição de 2023 neste domingo (26/02) em diversos estabelecimentos do bairro Espraiado, contemplando atividades culturais, gastronomia, hospedagem, atrativos naturais, pontos religiosos, música ao vivo e artesanato, visando potencializar o turismo rural na região.

Nesta edição de fevereiro, o evento que teve como tema “Maricarnaval” e como prato típico a costela bovina. Ele esteve integrado ao Circuito Sol & Samba Maricá (iniciativa que conta com 12 atividades gratuitas pela cidade, entre os dias 04/02 e 30/04), uma parceria com as secretarias de Turismo; Promoções e Projetos Especiais; Cultura; Esporte e Lazer; Terceira Idade; Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher; Coordenadoria de Pesca; e Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca.

Localizado entre as montanhas, em área de preservação, possuindo riachos e trilha pela Mata Atlântica com cascatas e cachoeira, o Sítio do Riacho foi um dos locais participantes. No endereço nasceu o Espraiado de Portas Abertas, em 2008, idealizado por Regina Sebould, proprietária do sítio há 30 anos.

“Fico muito feliz em ter participado da criação deste evento que completa 15 anos em dezembro e em ver sua continuidade, desde 2013 realizado pela gestão da Prefeitura de Maricá. Nossa intenção é trazer à população para conhecer a região rural já que o turismo por aqui é muito importante, fomentando a sustentabilidade local que tem inúmeras belezas naturais e nos possibilitando movimentar a economia da região, mostrando o trabalho de agricultores, artesãos, cada um no seu espaço”, afirma.

Entre os diversos expositores que participaram do evento no sítio, estava o Forletta Bistrô Adega, recém inaugurado em Itaipuaçu. “Em setembro, começamos com delivery e há um mês abrimos nosso espaço no Barroco, em Itaipuaçu. Aqui, queremos mostrar que você pode tomar um bom vinho, com qualidade e preço justo em qualquer ambiente, com um serviço pioneiro na cidade”, explica Henriette Forletta.

Prato típico: costela bovina

Na Costelaria Fogo de Chão, o prato principal, como o nome já diz, é a costela. Já pela manhã as costelas começam a ser preparadas e, por dia de evento, mais de 20 peças de costelas são assadas e complementadas ao buffet, pelo qual se paga um valor fixo e come à vontade durante todo dia. Paralelo a isto, o local conta com pesque e pague, passeio a cavalo, piscina, salão de jogos, tiros de airsoft, redargui, cama elástica, entre outras atividades.

“Temos o restaurante há oito anos e este evento é essencial para nosso negócio, que faz nossa casa ficar conhecida, vêm pessoas de outras cidades e se encantam com nosso bairro”, conta a proprietária do local, Juliana Cruz.

Evento já tem programação até o fim do ano

O ano de 2023 contará ainda, com mais cinco edições do Espraiado de Portas Abertas. Em 9 de abril, com o tema “Páscoa” e a galinha à moda caipira como prato típico. Em 11 de junho, é a vez da festa junina com a feijoada como estrela da gastronomia; seguida pelo evento de 13 de agosto, que terá o feijão guandu, tradicional nas áreas rurais de Maricá, como destaque da edição. Na edição de 8 de outubro, a gastronomia baseada em receitas feitas com aipim será destaque no evento, que tem em sua última edição, em 10 de dezembro, o Natal rural mágico, com o pernil à moda da roça como prato principal.

O Espraiado

Rico em sua fauna e flora, o Espraiado começa na serra do mesmo nome, que faz divisa com Tanguá e Itaboraí, acompanhando a trajetória do rio Caranguejo até a altura de Manoel Ribeiro, no Km 34 da Rodovia Amaral Peixoto. O vale é muito fértil para agricultura, possuindo muitos sítios produtores de alimento de origem orgânica (sem agrotóxico). Região muito procurada para o turismo rural e ecoturismo.

O nome Espraiado, de acordo com moradores, vem da época das cheias que alagavam tudo, espraiando as águas por toda região, e pelos riachos que formam o Rio Caranguejo, dando origem ao nome Serra do Espraiado. A parte alta, Pedregulho, o nome se deve por seu solo conter inúmeras pedras.

Programas

Notícias

Tire suas dúvidas sobre o Voa Maricá

Como são feitos os voos? As operações do Voa Maricá são realizadas com a aeronave Cessna Grand Caravan, que oferece conforto e segurança aos viajantes...

Funcionários da Codemar doam 680 cobertores para o Rio Grande do Sul

Colaboradores da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) também se envolveram na corrente de solidariedade para ajudar o Rio Grande do Sul, que sofreu...

Esquadrilha fará show de acrobacias aéreas com fumaça em Araçatiba no sábado (25)

Como parte da comemoração pelos 210 anos do município de Maricá, a Esquadrilha Céu fará acrobacias e desenhos com fumaça na manhã do próximo...