Maricá usa tecnologia para atrair investimentos estrangeiros durante feira internacional

Codemar recorre a maquetes virtuais 3D na França; ‘Levamos Maricá para o mundo’, disse deputado Washington Quaquá

Mais de 20 reuniões com investidores mundiais já foram realizadas pela equipe da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) na principal feira do mercado imobiliário do mundo, a Mipim, realizada em Cannes, na França, até sexta-feira (15/03). Os projetos da companhia contam com um grande aliado para conquistar a atenção de empresários e representantes de fundos soberanos: a tecnologia da realidade virtual.

Mesa de conversas no estande da Codemar na feita Mipim. Foto: Divulgação

Os projetos levados para a Europa pela companhia são apresentados em maquetes virtuais que permitem, através de óculos 3D, um imersivo passeio pelas construções que serão erguidas no Brasil, em Maricá. São mostrados os projetos associados ao Codemar Fundo de Investimento Imobiliário, lançado recentemente. Estão entre eles o complexo do Hotel Maricá, parque tecnológico e áreas de preservação.

“Nós levamos Maricá para o mundo. Viemos atrair investidores para os grandes projetos de Maricá. Investimentos privados que vão gerar emprego e desenvolvimento e transformar Maricá numa grande cidade mundial, de conhecimento mundial, de inspiração mundial e de investimentos mundiais”, afirmou o deputado federal Washington Quaquá, que esteve no estande da Codemar nesta quarta-feira (13), segundo dia da Mipim.

Segundo ele, a presença em grandes feiras internacionais, mais que atrair investimentos estrangeiros para o desenvolvimento da cidade, coloca Maricá no cenário global do fluxo de negócios, o que se refletirá na economia local e melhoria da qualidade de vida da população.

Negociação

O deputado federal Washington Quaquá com o presidente da Codemar, Hamilton Lacerda. Foto: Divulgação

Segundo o presidente da Codemar, Hamilton Lacerda, que está em Cannes, as conversas da companhia são com investidores de todo o mundo:

“Mostramos os nossos projetos, como o nosso hotel ao lado do aeroporto, nosso Centro de Valorização e Tratamento de Resíduos lá em Inoã, as nossas ações na área de sustentabilidade, o nosso Mumbuca Verde, enfim, todos os projetos que são importantes para a cidade de Maricá”, disse o executivo.

Deputado federal Washington Quaquá fez o tour virtual apresentado a investidores. Foto: Divulgação

Os projetos

São apresentados nos óculos 3D o Parque Tecnológico, que tem a missão de unir empreendedores, startups e universidades para criar empresas inovadoras; o Aeroporto de Maricá; o Centro de Valorização e Tratamento de Resíduos, uma estrutura que será erguida entre Inoã e Itaipuaçu dando destinação correta a resíduos; e a Fazenda São Sebastião, que conta área destinada à preservação de mata nativa e geração de UCS (unidade de crédito de sustentabilidade). As UCS são comercializadas através do Mumbuca Verde e são créditos que podem ser usados por empresas para mitigar o impacto ambiental causado pela sua atividade, além de serem usados na emissão de títulos verdes.

Programas

Notícias

Maricá recebe festival de férias de handebol de praia e modalidade surpreende alunos

A cidade de Maricá, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, recebe até a próxima sexta-feira (26) um festival de handebol de praia promovido...

Núcleo de Iniciação de Handebol de Praia é um dos sucessos da Arena da...

Espaço conta com treinamentos e aulas para crianças e jovens, que aproveitam as férias escolares para frequentar ainda mais O handebol de praia foi um...

Codemar apresenta projetos e troca informações sobre cooperativismo com instituição espanhola

Companhia pode aplicar conhecimentos da Fundação Mundukide na melhoria das formas de coletivização do trabalho em Maricá A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) recebeu...