Ministro Padilha visita projeto inovador em Maricá e destaca riqueza humana e geração de renda

Chefe da Secretaria de Relações Institucionais também fez visita técnica a museu que será inaugurado

O Ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, esteve neste sábado (15) conhecendo projetos inovadores realizados pela Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), em Maricá, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Ele desembarcou no Aeroporto de Maricá, onde conheceu as novas instalações e seguiu direto para a Fazenda Pública Joaquín Piñero, no Espraiado, onde fez uma visita técnica ao complexo do Centro de Inovação em Aquicultura, o Ciamar.

No local, há grandes tanques de cultivo de camarões e uma fábrica de rações para pescados.

Complexo é pioneiro e com a fábrica de rações, o Ciamar se torna o primeiro complexo pesqueiro-industrial do Brasil financiado por uma prefeitura. Foto:Leonardo_Fonseca

“A gente vê a iniciativa local que junta a prefeitura, a universidade pública, a ciência , a geração de renda e a segurança alimentar. Mostra como Maricá consegue fazer com que a riqueza do petróleo se transforme na riqueza humana, gerando alimentação e renda para a população. Este é um ponto muito positivo para a gestão da cidade.

Segundo o ministro, esse é um dos pontos defendidos pelo governo federal: “Quando o presidente Lula fala o tempo todo da chance de o Brasil entrar de cabeça na transição energética, na sustentabilidade e em projetos que melhoram a situação do meio ambiente pro mundo, Maricá apresenta essa grande experiência”.

Pioneirismo

A visita iniciou pela recém-inaugurada fábrica de rações, que tem expectativa de produção de 400 toneladas por ano e garante o controle da nutrição e a diminuição do custo da ração usada localmente. Com a fábrica de rações, o Ciamar se torna o primeiro complexo pesqueiro-industrial do Brasil financiado por uma prefeitura.

Fábrica de rações para alimentar camarões e tilápias Foto:Leonardo_Fonseca

No local, Padilha acompanhou todo o processo de fabricação e seguiu para alimentar camarões e tilápias em dois dos 10 tanques existentes no local, cada um com 22 metros de diâmetro e capacidade para 400 mil litros de água. Ele estava na companhia do prefeito Fabiano Horta, do presidente da Codemar, Hamilton Lacerda, do secretário-executivo do Ministério de Relações Institucionais, Olavo Noleto, do deputado federal Dimas Gadelha e outras autoridades.

De acordo com o prefeito, projetos como este garantem boas práticas sustentáveis. “Maricá traduz hoje uma busca permanente pela inovação e pesquisa, buscando também construir modelos sustentáveis de cidade. Temos aqui uma cultura local muito desenvolvida do camarão e, com esse trabalho realizado pela Codemar, conseguimos avançar na cultura pesqueira do camarão, construindo um exemplo de que é possível agregar a dimensão da transformação e do poder público sendo indutor econômico”, disse.

Dali, partiram rumo ao bairro Cordeirinho para uma visita técnica à Casa Darcy Ribeiro que será inaugurada na próxima semana. Lá , se uniram ao grupo o curador da casa, o artista plástico e designer Gringo Cardia, o deputado federal Washington Quaquá e o ator José de Abreu.

Programas

Notícias

Núcleo de Iniciação de Handebol de Praia é um dos sucessos da Arena da...

Espaço conta com treinamentos e aulas para crianças e jovens, que aproveitam as férias escolares para frequentar ainda mais O handebol de praia foi um...

Codemar apresenta projetos e troca informações sobre cooperativismo com instituição espanhola

Companhia pode aplicar conhecimentos da Fundação Mundukide na melhoria das formas de coletivização do trabalho em Maricá A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) recebeu...

Dia de campo com workshop e tomates especiais na Fazenda Joaquín Piñero

Encontro teve participação do chef italiano Bruno Marasco ensinando receita tradicional da Itália Setenta pessoas participaram do Dia de Campo e Degustação de Pratos com...