A Prefeitura de Maricá promoveu nesta quarta-feira (01/12) a 1ª entrega de certificados de qualificação da Escola de Startups de Maricá (ESM), premiando os sete melhores projetos de negócio desenvolvidos. A cerimônia aconteceu na sede do Banco Mumbuca, Centro, e reuniu 34 pessoas que concluíram o curso de capacitação. Entre os participantes estavam alunos do Programa Passaporte Universitário e empreendedoras do grupo Colmeia, que inclui apenas mulheres com mais de 45 anos.

A iniciativa é uma parceria da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) e da Universidade Federal Fluminense (UFF), e tem como intuito capacitar os empreendedores da cidade e impulsionar ideias inovadoras.
O presidente da Codemar, Olavo Noleto, afirmou que a escola irá apoiar e trabalhar com cada projeto para que eles possam se desenvolver.

“A escola de Startups de Maricá proporciona experiências para que os alunos possam organizar suas ideias e seus projetos. Hoje selecionamos algumas experiências que podem seguir uma estruturação enquanto projeto”, disse.

Para o diretor da faculdade administrativa e da escola de startups da UFF, Martius Vicente Rodrigues, os projetos agregam valor à realidade local.

“Nos projetos são desenvolvidos negócios e geram mais empregos, tornando a economia do município mais dinâmica. Com isso, os próprios empreendedores podem desenvolver e dar vida aos seus projetos com base no que estudaram”, disse.

Alunos apoiam a escola de Startups

Integrante do grupo Colmeia, Mariliza Galvão, mencionou a importância de fazer um curso com grandes profissionais.

“Estou muito feliz por estar recebendo esse certificado. Aprender é sempre bom, e com esse certificado me sinto mais segura ao desenvolver um trabalho ou um projeto”, disse a empreendedora.

Patrícia Câmara, proprietária da empresa P+Comunicação, comentou que participar do curso foi uma realização pessoal. “Uma oportunidade única de podermos desenvolver um projeto com grandes profissionais”, declarou.

A Escola de Startup

Foto: Vinícius Manhães

A Escola de Startups de Maricá (ESM) busca empreender e trazer desenvolvimento contínuo à cidade de Maricá. A escola integra o Parque Tecnológico Municipal, projeto que pretende tornar Maricá um município referência em inovação na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

A ESM foca em pequenos empreendedores, orientando ações, oferecendo suporte para os primeiros passos de funcionamento, ampliando a visão de negócio e preparando também para as adversidades até a implantação efetiva. A escola capacita as turmas de maneira dinâmica e personalizada, analisando os perfis dos alunos para estabelecer metodologias de ensino otimizadas.

As pesquisas, diagnósticos e estudos do projeto possibilitaram a capacitação e formação das primeiras turmas de empreendedores. O objetivo é estabelecer esses empreendedores na cidade, criando oportunidades de negócios sustentáveis a longo prazo.

No momento, a maior parte das capacitações da ESM é oferecida de forma remota, com a inauguração de uma sede física da Escola de Startups, ainda sem data definida.