Produtores rurais e chefes de cozinha se reúnem para fortalecer a economia do campo e da cidade

Encontro aconteceu durante curso do Inova Agroecologia Maricá com direito a degustação de pratos feitos com os ingredientes locais

Direto da terra para o prato. Esse é o caminho que está sendo costurado entre pequenos agricultores e chefes de cozinha de Maricá: as duas pontas da alimentação se reuniram, na manhã desta sexta (3/05), na Fazenda Pública Joaquín Piñero, para aula de agroecologia, degustação e troca de experiências.

Um dos coordenadores do Inova Agroecologia, o professor João Araújo mostra variedades de batata-doce. Foto: Leonardo Fonseca

“É uma reunião muito especial porque estamos unindo as duas pontas da cadeia, os produtores e os chefes. Essa atividade aponta para o desenvolvimento econômico e social ao impulsionar a produção e a encomenda desses alimentos, pelo setor gastronômico, para servir a população”, explicou o professor João Araújo, coordenador do projeto Inova Agroecologia Maricá.

Parcerias

O Inova é desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) em conjunto com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Ao longo dos últimos meses, o projeto vem capacitando agricultores em agroecologia e cultivos orgânicos de uma série de alimentos como variedades de batatas-doces coloridas, mais de 50 tipos de tomates (até azuis), aipim, cana-de-açúcar, pitayas e outros. A meta é incentivar produções com maior valor agregado no campo.

O chefe Alexandre Pietrobom é presidente da Rota Gastronômica de Maricá. Foto: Leonardo Fonseca

“Quando eu visitei a plantação pela primeira vez, minha cabeça fervilhou de ideias. Ter o contato com os agricultores e poder ligar pra eles e pedir ingredientes frescos e orgânicos é muito bom para o restaurante também. Todos saem ganhando”, avaliou Alexandre Pietrobom, chefe do Restaurante do Alexandre e presidente da Rota Gastronômica de Maricá.

Produtores

Agricultores familiares e cooperativados receberam aula sobre o cultivo agroecológico e orgânico de variedades de batatas-doces e de aipim. O manejo do solo, os cuidados com cada lavoura, o manejo de pragas e todas as questões que cercam os cultivos foram explicados.

Pratos elaborados por chefes locais com ingredientes da Fazenda Joaquín Piñero. Foto: Leonardo Fonseca

“Além dessas, vamos trazer mais cultivos para o Inova Agroecologia. São outras 50 variedades de tomates, feijão santarém, quatro tipos de melão, minipepinos e outros cultivos de valor”, afirmou Antonio Carlos Abboud, coordenador do Inova Agroecologia, que ministrou parte do curso sobre aipim.

Patric Quinze Dias, que desenvolve um projeto de horta urbana em Guaratiba, ficou satisfeito com o curso e com a interação com os chefes:

“Eu cultivo banana, aipim, batata-doce, bertalha, feijão. Aprendo muito com os cursos do Inova Agroecologia, e parte do que produzo é a partir de sementes e mudas do projeto. Espero repassar isso para outras pessoas em breve”, disse.

Cardápio

Os chefes foram criativos no uso dos ingredientes oferecidos pelo projeto. Feijões foram transformados em talharim; aipim, em bolinho e como bobó de camarão. Batata-doce cor de laranja virou um suculento doce parecido com abóbora.  

Doce de batata-doce cor de laranja. Foto: Leonardo Fonseca

“Todos os nutrientes do feijão mas em forma de massa, de talharim. Transformar os ingredientes é mágico”, finalizou Cristina Baldissara, produtora de massas artesanais.

Programas

Notícias

Agricultores de Maricá recebem capacitação em tecnologias agroecológicas

Curso gratuito dividido em cinco encontros busca difundir práticas modernas que ajudem a produzir alimentos mais saudáveis e de maior valor agregado na cidade Produtores...

Diretor-presidente da Azul Conecta pilota voo do Voa Maricá

Executivo, que também é comandante, foi o responsável pela viagem de São Paulo ao município Os passageiros do Voa Maricá que fizeram o trajeto de...

Codemar e Fundação Mundukide se reúnem e estudam parcerias

A entidade espanhola é focada em organizações cooperativas e atua em vários países, incluindo o Brasil A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) recebeu nesta...