Voa Maricá: venda de passagens começa no dia 18, com 50% de desconto nos primeiros 60 dias de voos

Tarifa social para beneficiários do RBC vai sair por R$ 100 para Viracopos (SP) ou Brasília; pagamento pode ser feito em Mumbuca

O Voa Maricá, programa da Prefeitura de Maricá para as operações com avião da Azul Conecta no aeroporto da cidade, foi apresentado nessa quinta-feira (11) para empresários e investidores. As passagens poderão ser compradas a partir do dia 18 de abril no site voamarica.com.br.

Inicialmente, os voos serão para São Paulo (Aeroporto de Viracopos) e Brasília. Em um segundo momento, haverá venda de conexões para todo o Brasil.

A apresentação do Voa Maricá foi feita no primeiro dia da Expo Maricá, no Esporte Clube Maricá.

O início dos voos diários está previsto para dia 6 de maio. Com isso, os moradores de Maricá e região não vão precisar mais atravessar a ponte Rio-Niterói e pegar trânsito para embarcar para São Paulo e Brasília.

“O Voa Maricá é algo que vai fazer com que Maricá se conecte regionalmente com outras partes do Brasil. Para nós, enquanto cidade, isso é um marco importante, porque mostra a capacidade que Maricá tem hoje de pensar seu futuro e de dialogar com alguns circuitos de vindas a Maricá. Isso fala com negócios para a cidade, fala com uma relação turística para Maricá, e abre, no primeiro momento, essa janela tão oportuna, para que a gente consolide as nossas políticas sociais, incluindo-as dentro do Voa Maricá”, destacou o prefeito de Maricá, Fabiano Horta.

Apresentação do Voa Maricá

No evento, foi anunciado que os passageiros que garantirem os tíquetes para os primeiros 60 dias de voo vão ganhar 50% de desconto na passagem. As operações vão contar com dois assentos reservados para tarifa social, destinados aos beneficiários do Programa Renda Básica da Cidadania (RBC).

São mais de 90 mil pessoas que vão poder usar a tarifa social em Maricá.

A tarifa social também vai ter desconto de 50% neste período, saindo por R$ 100 cada trecho. Após os 60 dias, o valor volta ao normal: R$ 200 cada trecho, seja para Brasília ou para São Paulo.

Foto: Leonardo Fonseca

Além disso, todos os passageiros também podem adquirir os bilhetes pagando com a moeda Mumbuca e outras formas de pagamento, como cartão de crédito, débito e pix.

“É uma maneira de a gente divulgar essa nova estratégia de desenvolvimento econômico da cidade e é uma maneira também de a gente colaborar principalmente com os empreendedores que têm que viajar, ir para novas praças. Através do Voa Maricá isso hoje vai se tornar uma realidade”, ressaltou o presidente da Codemar, Hamilton Lacerda.

Iniciativa inédita

A compra de passagens por meio de moeda local é algo inédito e contribui para o desenvolvimento econômico e social de Maricá. Outra iniciativa pioneira é a tarifa social, que permite que moradores beneficiários de programas sociais da cidade paguem mais barato na compra de passagens aéreas.

Foto: Leonardo Fonseca

“Um momento histórico para o aeroporto e um marco porque todas as tarifas, tanto a social quanto a comercial, vão se tornar uma realidade. A gente vai aceitar todo tipo de cartão de crédito, de app, das bandeiras, PIX e a Mumbuca. Então esse é um grande diferencial”, disse a diretora de Operações do Aeroporto de Maricá, Marta Magge.

As operações do Voa Maricá serão realizadas com a aeronave Cessna Grand Caravan, que oferece conforto e segurança aos viajantes e tem a capacidade para nove passageiros e três tripulantes, incluindo serviço de bordo.

Os voos para São Paulo terão como destino o Aeroporto de Viracopos, que fica em Campinas. A Azul conta com serviço gratuito de ônibus até pontos da capital paulista.

Os voos para Brasília terão conexão em Viracopos, seguindo então para a capital federal.

Programas

Notícias

Agricultores de Maricá recebem capacitação em tecnologias agroecológicas

Curso gratuito dividido em cinco encontros busca difundir práticas modernas que ajudem a produzir alimentos mais saudáveis e de maior valor agregado na cidade Produtores...

Diretor-presidente da Azul Conecta pilota voo do Voa Maricá

Executivo, que também é comandante, foi o responsável pela viagem de São Paulo ao município Os passageiros do Voa Maricá que fizeram o trajeto de...

Codemar e Fundação Mundukide se reúnem e estudam parcerias

A entidade espanhola é focada em organizações cooperativas e atua em vários países, incluindo o Brasil A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) recebeu nesta...