Competição de cosplayers profissionais fecha a terceira edição do Maricá Games com sucesso

Participantes esbanjam criatividade nos detalhes dos personagens, além de alta performance

O concurso profissional de cosplay do Maricá Games nível 3 mostrou que a cidade está no radar de muitos competidores profissionais de fora do Rio de Janeiro. A competição reuniu participantes de São Paulo, Minas Gerais e outros estados do Brasil, que elogiaram a estrutura e seriedade do evento. A programação fechou a edição com chave de ouro.

O vencedor do primeiro lugar, William Ribeiro, de 45 anos, veio de Guaratiba, bairro da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, e comemorou a vitória com o cosplay Máquina de Combate. Um super-herói do Universo Marvel que utiliza uma armadura construída por Tony Stark, o Homem de Ferro. Mas foi o William quem construiu a própria através de impressão 3D, já que trabalha no ramo. Ele ficou muito orgulhoso.

Foto: Leonardo Fonseca

“O pessoal tem mania de falar que com cosplay de Homem de Ferro não ganha concurso. Essa é a primeira vez que eu ganho com Homem de Ferro e há 10 anos faço cosplay do personagem, não com esse que competi. É o segundo prêmio que eu ganho, mas esse daqui é o mais importante. Eu trabalho com impressão 3D, levo a vida com isso e para mim é muito importante estar ganhando esse prêmio”, vibrou.

Foto:Leonardo_Fonseca

A competição contou com jurados cosplayers internacionais, do Chile e México: Be Fusion Team, Fabibi e Skei. Eles também entregaram premiações de segundo lugar para a mineira Julha Letícia, com o cosplay de Okoye de Wakanda; e de terceiro lugar para o paulista Celso Peçanha com o cosplay de Isaac Clark de Dead Space.

Grande performance

Mesmo não levando o prêmio para casa, o cosplay de Ace Ventura, do carioca Ricardo Jim, foi um dos que chamaram atenção no dia. Além da aparência física com o ator Jim Carrey, ele interpretava o personagem atraindo câmeras e celulares para si. São 20 anos interpretando o personagem e menos de um ano participando de feiras cosplay.

Foto: Leonardo Fonseca

“O reconhecimento que eu recebo das pessoas é o que me dá mais vontade de não parar.” Ricardo também elogiou a organização do evento e lembrou que, além da programação totalmente gratuita, os preços para lanches e refeições eram acessíveis.

Foto: Leonardo Fonseca

A mineira Julha Letícia, que levou o terceiro lugar da competição, esbanjou beleza e curiosidades com seu cosplay de Okoye de Wakanda. Ela disse que raspou os cabelos para trazer mais fidelidade ao personagem, que traz representatividade.

Com esse cosplay eu já participei de outros eventos também, eu fui pré-selecionada ano passado na CCXP, mas infelizmente não passei pra etapa final. É um cosplay que eu tenho explorado cada vez mais, porque pra mim é uma missão levar essa atividade para as pessoas, então eu quero e preciso mostrar a Okoye. Eu raspei a cabeça porque para mim é um propósito de vida muito grande, então eu quero vivenciar a personagem”, disse.

Que venha o nível 4

O presidente da Codemar, Hamilton Lacerda, acompanhou a entrega dos prêmios com valores de 2 a 5 mil reais e interagiu com os jurados e participantes.

Foto: Leonardo Fonseca

“Nós estamos terminando o Maricá Games Nível 3 e já na expectativa pela chegada do nível 4. A Codemar respeita a cultura gamer e quer fazer com que Maricá se desenvolva com as novas tecnologias, a inovação, a cultura, a criatividade e o respeito à juventude da nossa cidade. O prefeito Fabiano Horta já disse que está muito empolgado com esta realização e que, para o ano que vem, nós já vamos organizar para que o Maricá Games vire uma tradição na nossa cidade”, destacou o presidente da Codemar.

Programas

Notícias

Agricultores de Maricá recebem capacitação em tecnologias agroecológicas

Curso gratuito dividido em cinco encontros busca difundir práticas modernas que ajudem a produzir alimentos mais saudáveis e de maior valor agregado na cidade Produtores...

Diretor-presidente da Azul Conecta pilota voo do Voa Maricá

Executivo, que também é comandante, foi o responsável pela viagem de São Paulo ao município Os passageiros do Voa Maricá que fizeram o trajeto de...

Codemar e Fundação Mundukide se reúnem e estudam parcerias

A entidade espanhola é focada em organizações cooperativas e atua em vários países, incluindo o Brasil A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) recebeu nesta...