Ciamar

O Centro de Inovação em Aquicultura de Maricá (Ciamar) tem a meta de colocar Maricá novamente na lista de cidades produtoras de camarões. Mas, desta vez, não com o extrativismo: cercado de tecnologia, o centro tem 10 tanques de 450 mil litros de água cada, com capacidade para produzir até 3 toneladas a cada quatro meses. A estrutura já está em funcionamento da Fazenda Pública Joaquín Piñero.

A tecnologia, desenvolvida em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF) causar pouco impacto ambiental, com reuso da água utilizada e camarões mais saudáveis com uso de bioinsumos e bioflocos, aglomerados de bactérias que garantem o melhor ambiente para os camarões. O número de camarões cultivados é maior por área ocupada, em comparação às fazendas tradicionais, e não despeja poluentes em rios ou no mar. O sistema pode ser replicado em cidades que não têm litoral.

Programas

Notícias

Núcleo de Iniciação de Handebol de Praia é um dos sucessos da Arena da...

Espaço conta com treinamentos e aulas para crianças e jovens, que aproveitam as férias escolares para frequentar ainda mais O handebol de praia foi um...

Codemar apresenta projetos e troca informações sobre cooperativismo com instituição espanhola

Companhia pode aplicar conhecimentos da Fundação Mundukide na melhoria das formas de coletivização do trabalho em Maricá A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) recebeu...

Dia de campo com workshop e tomates especiais na Fazenda Joaquín Piñero

Encontro teve participação do chef italiano Bruno Marasco ensinando receita tradicional da Itália Setenta pessoas participaram do Dia de Campo e Degustação de Pratos com...