Capital do handebol de praia, Maricá promove curso para preparar professores

Profissionais vão atuar em núcleos recém-lançados na cidade

Professores de educação física que vão atuar nos recém-criados núcleos de iniciação ao handebol de Maricá participam nesta sexta (23) e sábado (24) de um curso de formação continuada de handebol de praia para atuar como professores e monitores do projeto gratuito e voltado para jovens entre 11 e 16 anos. Os polos iniciam as atividades dia 27/02 nos bairros Parque Nanci, Barroco, Flamengo e São José do Imbassaí. No inicio do mês, a cidade ganhou o primeiro núcleo de iniciação ao handebol na Barra de Maricá.

Foto: Leonardo Fonseca

As aulas teóricas e práticas aconteceram nas dependências da Escola Municipal vereador João da Silva Bezerra, na Barra de Maricá, e os participantes puderam fazer uma imersão no esporte em que o Brasil é pentacampeão mundial entre os homens; enquanto as meninas já conquistaram o mundial por três vezes.

Entre as regras e princípios apresentados, estavam a filosofia do handebol baseada nos princípios do fair play, respeitando o fluxo do jogo e integridade e corpo dos jogadores. Também foram abordadas outras características como o contexto histórico da modalidade, potencial do esporte, regras básicas, fundamentos, sistema de jogo, parte prática, ataque e sistemas defensivos.

Foto: Leonardo Fonseca

O professor de educação física Rodrigo dos Santos, 32 anos, vê a chegada do projeto na cidade como a realização de um sonho. Morador de São Jose do Imbassaí, sempre praticou o esporte em outras cidades. “Comecei no handebol aos 10 anos de idade na escola, migrei para o clube em Niterói e segui para São Paulo, onde joguei profissionalmente. Ganhei uma bolsa de estudos, fiz faculdade, me formei e agora estou tendo a oportunidade de vivenciar o handebol na minha cidade. Isso é um sonho, algo que sempre quis. As crianças de hoje terão essa oportunidade”, celebra.

Instrutora coleciona títulos no esporte

Responsável por desenvolver o projeto com os professores, Thamiris Madeira Duarte é ex-atleta e atual coordenadora nacional do programa de mini handebol de praia da Confederação Brasileira. Coleciona títulos com resultados expressivos em nível nacional tanto como atleta quanto como treinadora.

Foto: Leonardo Fonseca

“Nosso intuito é capacitar professores de educação física a dar seus primeiros passos neste mundo novo e desenvolver suas aulas e treinos em prol do handebol de praia”, diz.

Segundo ela, o handebol de praia pode ser uma poderosa ferramenta pedagógica na prática extracurricular, como equipes de iniciação esportiva, equipes de treinamento e/ou especialização, sendo uma modalidade coletiva com grande potencial de desenvolvimento.

Programas

Notícias

Núcleo de Iniciação de Handebol de Praia é um dos sucessos da Arena da...

Espaço conta com treinamentos e aulas para crianças e jovens, que aproveitam as férias escolares para frequentar ainda mais O handebol de praia foi um...

Codemar apresenta projetos e troca informações sobre cooperativismo com instituição espanhola

Companhia pode aplicar conhecimentos da Fundação Mundukide na melhoria das formas de coletivização do trabalho em Maricá A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar) recebeu...

Dia de campo com workshop e tomates especiais na Fazenda Joaquín Piñero

Encontro teve participação do chef italiano Bruno Marasco ensinando receita tradicional da Itália Setenta pessoas participaram do Dia de Campo e Degustação de Pratos com...